segunda-feira, 28 de abril de 2008

NOJO...

Fazia algum tempo que não tinha mais notícias dele. Não esquecera seu abraço cínico no shopping, com um riso dissimulado, fingindo ser quem não era.

Ele estava quase-determinado, quase-decidido, quase-recuperado. Nas suas últimas palavras, fingia ser uma nova pessoa, cuspindo objetivos e planos. Mas, era só conversar um pouco mais e via-se o mesmo cara que ela doou meses de sua vida.

Todavia algo a intrigava. Por que sentia asco dele? Por que não suportava a idéia de, alguma dia, ter gostado daquele rapaz? Nesses tempos afastados, em nenhum momento ela lembrou dele. Também, não havia muito o que lembrar, de fato. Ele trouxera decepção a ela como nenhum outro homem fez.

Nojo...

Teve alguns momentos bons, porém não conseguia lembrar de nenhum. A mente simplesmente apagou toda a história com a decepção e tristeza que ocorreu. Olhava detalhadamente sua foto, seu rosto. Fazia um esforço. Nada... Nada...

Nojo...

O namoro fora complicado. Aturou o que uma mulher jamais aturaria. Foi ofendida, foi humilhada, foi largada no canto como um vaso que não serve pra nada. Mas... servia! Servia pra ele mostrar a sua família, que debochava dele nunca ter namorado antes. Servia pra sua mãe, que, aos berros, descontava nela o que ele fazia de errado. Servia pra usar quando quizesse, e depois dizer simplesmente "desculpa, não faço mais".

Argh! Como soava falso essa frase! Como criou antipatia diante de sua voz, lamentando-se fingidamente.

Nojo...

Lembrava-se daquele dia, que ele violou todas as concepções que ela mantinha. Naquele dia, ela deveria ter terminado. Na primeira vez, deveria ter podado o mal. Mas não, ela deu uma chance, deu duas, deu três e mais. Mesmo vendo seus defeitos, ela lutava, tentava ajudá-lo, orientá-lo. Promessas, esperança... E voltava tudo de novo. Os mesmos vícios, a mesma mania insuportável de achar que não era nada demais.

A cada dia, sentia esvair o amor que tinha. Olhava pra ele e via um fraco, um dependente, um mané que preferia acreditar em idéias tolas de amigos à sua consciência. Aquele homem que ela entregara o seu amor, mostrava ser o ser desprezível em ações, pirraças, dramas e vergonha. Sim, muita vergonha! Ela ainda sentia pelas brigas intermináveis na porta da faculdade, pelos gritos na varanda de seu prédio... Tudo calculado por ele, planejado racionalmente para fazê-la se afastar de todos.

Sempre acreditara que ama-se uma pessoa pela admiração que ela produz, seja qual for o seu mérito. E o pior inimigo do amor é a decepção. Olhar a pessoa e ver que tudo fazia parte de um teatro, um manual pra conquistas, máscara... E quando isso acaba? E quando toda a relação termina em uma grande mentira? Onde vai parar a admiração? Em que se transforma?

Nojo...

48 comentários:

FINA FLOR disse...

é por essas e por outras que acredito que às vezes terminar é melhor do que prolongar uma relação que perdeu o respeito ;-)

beijos, querida e obrigada por sua gentil visita!

volte sempre que quiser,

MM.

Luís Galego disse...

E o pior inimigo do amor é a decepção.

isso doi de modo atroz...tal como este belo texto!

Dias disse...

Poderosos os conteúdos!!

Na prática é o resumo das vidas de muitos e muitas que nos cercam.

Não entendo como nem porquê, mas ha quem o suporte por um tal pretenso amor... absurdo!

Beijo forte

poetaeusou . . . disse...

*
Raramente tenho aberto uma porta por descuido sem ter deparado com um espectáculo que me fez sentir pela humanidade compaixão, nojo ou horror,
,
in- anatole france,
,
conchinhas
,
*

Carla disse...

entendo e sinto cada palavras que disseste, nem imaginas com que profundidade!

Sorrisos em Alta disse...

Tens uma "encomenda" no meu blog!

Levanta-a!!!

Ass:
Sorrisos em Alta
(o carteiro que não toca duas vezes)

Agulheta disse...

Querida amiga.
Que tristinha! pois sempre ouvi dizer,depois de uma porta fechada,se abre uma janela,sei que o amor dói,uma traição pior ainda,mas tens de ser forte e viver,quem sabe em algum lugar,estará aquele que vais amar e amar,sempre haverá alguem essa e a nossa esperança.
Beijinho te cuida,beijinho no teu coração Lisa

Cãndida disse...

tuca-tuca-tuca
poxo entar no teu estaminé?

O Sibarita disse...

Ai meu Deus, será? É muita coincidência... kkk

Em primeiro quero dizer que ela tem de tirar essa mágoa de dentro do coração e o perdoar se faz necessário... Se Cristo na cruz perdôo seus algozes, por que nós pobres mortais imperfeitos não podemos agir da mesma forma? O perdoar nos deixa tão leves e nos faz crescer como pessoa, além, do progresso espiritual. Pense...

Ela tem de encarar esse tempo como um aprendizado e nunca como um tempo perdido, nada na vida é tempo perdido por mais que soframos e que nos tenham feito algum mal, por exemplo, traindo a nossa confiança, não aceitando a mão e a palavra amiga.

Ela demonstra a bondade imensa que traz no coração ao tentar recuperar alguém de quem amava muito, queria essa pessoa ao seu lado como um ser íntegro! Se ele quis permanecer na escuridão, perceba, que ela fez e muito a parte dela, por isso, os nossos PARABÉNS!

Não há porque ter nojo! Afinal, é um semelhante e como tal é digno de pena!

Ele, ao meu ver, teve todas as chances para fazer a reforma íntima e não optou! Ai, ele abriu o coração, disse que tinha largado o vício, tinha entrado e participava assiduadamente de um Centro Espírita, tinha conseguido emprego e largado a vida de surfista que era. Ele descobriu tardiamente que era apaixonado por ela. O tempo perdido recuperaria estudando, trabalhando e sendo principalmente um novo homem. A ele foi contada, explicada e exemplificada a vida de Saulo, mais tarde, Paulo de Tarso para ele ver que nada diante de Deus é impossível, basta querermos fazer a reforma íntima, ser um novo homem. Ele se empolgou e começou a ler o livro Paulo e Estevão que conta a vida de Saulo e suas perseguições ao Cristianismo que terminou com ele próprio apedrejando o Estevão o maior líder até então dos seguidores de Cristo, livro de Chico Xavier pelo Espírito Emmanuel. Se não leu, leia, vale a pena! E verás como Saulo se tornou um novo homem, de perseguidor a perseguido, se tornando o maior defensor do Cristianismo. Claro que não é uma comparação a vida dele em relação a de Saulo e sim uma forma de mostra-lo que é possível mudar para melhor.

Ele disse que confiava muito em mudar para melhor, assim, reconquistaria o coração que tanto tentou ajuda-lo e ele não compreendera por conta do vício, estava arrependido dos muitos atos praticados, se envergonhava. Pediria desculpas e perdão pelo que não soube entender, ouvir e aprender com o amor perdido. Tinha certeza que sendo ele um novo homem haveria mesmo de reconquista-la e com isso mostrar sua gratidão. Foi muitas as vezes ao Centro que freqüentamos, embora, estivesse indo a outro próximo de onde morava, tinha entrado em grupo de estudos para melhor compreender a Doutrina Espírita, confesso eu fiquei super feliz com a mudança de comportamento para melhor de uma pessoa que eu jamais tinha visto e que chegou ao Centro num momento de desespero por conta dos seus erros. O tempo passou e rarearam suas vindas ao nosso Centro, como sabíamos que ele estava indo em outro nos despreocupamos e, agora, leio esse seu texto. É uma pena que ele tenha perdido essa oportunidade para se mostrar à ela como um novo homem.

Tudo indica que seja a mesma pessoa, caso não seja, o comentário acima mostra e serve de alerta a quem deseja realmente fazer a reforma íntima e vale a pena com certeza!

Dona moça, diz a ela que perdoe!

bjs.
O Sibarita

Bandys disse...

Todos nós buscamos a felicidade. Mas que felicidade é essa que quanto mais se procura mais distante fica? Para que realmente a encontremos é necessário conhecermos a nós mesmos e colocarmos em prática a nossa reforma íntima, ou seja, a renovação das nossas atitudes.
PERDÃO, esse é um gesto que quando conseguimos essa feliciadade se apodera do nosso ser.
Um gende beijo no ♥

RICARDO ARIAS disse...

Interesante conto, gostei del. Gostei especialmente desa idea de que o pior inimigo do amor e a decepçao. As veces, eu coido que o pior inimigo e a cegueira que fai que nao queiramos ver o evidente.

herético disse...

muito bem (d)escrito o teu nojo.
gostei de ler..

disse...

É muito triste quando uma relação termina com a decepção. Porque a decepção é pior que a raiva. Raiva passa, decepção não. Mas por outro lado permite o aprendizado.

Bjo

EDUARDO disse...

Vou te contar amiga!! O teu conto revela uma série de sentimentos e vivências que me tocam pois é um espelho de algumas aguas passadas minhas.

Beijão, CONTO contigo amiga :-)

belo!

salome disse...

Primeiro quero agradecer sua visita lá no meu canto,e depois dizer que quando se fecha uma porta outra se abre,e quem sabe para a verdadeira felicidade.Força,e não desistas beijinhos ternos e doces.Salomé

Chuvinha disse...

Algumas pessoas não têm rosto, mas máscaras que usam 24 horas por dia enganabdo constantemente outras. Ah adorei o selinho! Original, diferente,obrigada!

Capitão Merda disse...

Espero que o suplício tenha terminado de facto...

Eremit@ disse...

Um texto fortíssimo. Só alguérm que conhece muito de perto ou passou por algo idêntico pode escrever sobre tal matéria com a força e o sentimento aqui expresso.
Se foi o caso lamneto, mas de tudo que nos acontece há um aprendizado a retirar e creio que tu sabes bem disso.
No texto não sinto raiva ou qualquer sentimento negativo como inferi, não sei se erradamete de alguns comentários que li em diagonal...
O nojo é legítimo e manter distãncia de certas pessoas saudável e razoável.
primeiro importa que a pessoa esteja bem consigo e não permita voltar a ser manipulada porque há pessoas que vivem no mal e para o mal e gostam de destruir.
Nojo ~´e uma forma de luto que permite criar distância e, atendendo ao texto creio poder dizer um sentimenrto instintivo de auto-protecção desencadeado para que a pessoa não volte a cair no "canto do bandido".
Salvé o instinto que tanta falta nos faz pela vida fora.
Tens - creio - uma gralha.V~e, por favor no 3º para´grafo, 2º perídodo: onde creio, deveria estar escrito: «(...)sentia ASCO.»
Está a palavra "asno". Por vezes os dedos batem em duas teclas e dá coisas do género.
Muito honrado aceito o selinho.
Fraterno abraço amiga

jo ra tone disse...

História bem narrada
Por vezes é muito difícil voltar atrás.
Alguém nesta situação tem que ter consciência de que a vida não é essa.
Deve optar por outras vias que o leve à felicidade.
Antes que o cérebro vá de vez
Deve ter força de vontade necessária para se emendar.

Beijinho

QuartoCrescente disse...

Sempre temos esperanças que as coisas mudem, que as pessoas mudem...e tentamos fazer por isso. Já cheguei à conclusao que ninguem pode mudar ninguem, só a propria pessoa. É terrivel viver assim, com pedidos de desculpa constantes com promessas vãs.

Como as máscaras nos decepcionam... será que ninguém se percebe que elas sempre caem um dia?

Gostei muito de ler...

Beijo

Sérgio Figueiredo disse...

Minha Querida Amiga,

Texto bonito, de soberbas palavras e sentimento. Também a mistura, a incerteza de Amor/Ódio.

É certo que é expresso um desprezo grande por ela, uma certa chacota, ela sente-se...usada e transformada em "animal doméstico" onde o dono tudo faz para mostrar sua virilidade. Mas...
Será que ambos, de mente tranquila de pensamentos e raiva, mostraram um ao outro se o que existe ou existia entre ambos é de facto irremediável e o Amor de um pelo outro deixou mesmo de fazer sentido? Será que um diálogo de coração aberto não mostrará a verdadeira realidade que existe entre os dois?

Por vezes o Amor está oculto e muitas são, as poucas oportunidades que temos, de o viver e demonstrar.

Perdão é uma palavra rica e abençoada e são raras as vezes que nos damos mal com ela.

Pensem os dois.

Beijo

Pedro M disse...

Sabes Auréola Branca, acredito que a forma como duas pessoas se relacionam nunca muda, e que é impossível endireitar o que começou errado. Por isso é melhor cortar o mal cerce pela raiz.

Um beijo

Paulo Tomás Neves disse...

Há cada vez mais razões para voltar a este blog; as novas publicações e para rever as mais antigas também.
:-)

Kênia Garcia disse...

Infelizmente há esse tipo de decepção em relacionamentos, mais comum até que possamos imaginar.
Mas ainda assim, acredito que exista o lado oposto, pessoas que merecem e devem ser amadas porque são dignas disso.

Beijos!!

Pena disse...

Olhe, terna amiga, li de uma ponta à outra a sua triste descrição vivida. Penso que não deveria perdoar nem uma vez sequer tanta maldade, tanta falta de valores e principios, tantos contratempos.
A dignidade do ser humano, que é ser humano não se comporta assim.
O acto de pedir desculpas é dignificante e deve aceitar-se quando é sentido. Sério. Sincero. Provoca mudança de comportamentos,o que não aconteceu.
Viva a vida. É encantadora e bela. O mundo sorrir-lhe-á, de certeza.
Bela narrativa com uma mensagem triste que não merece.
OBRIGADO por todos os carinhos: A VISITA LINDA E O SÊLO LINDO. OBRIGADO!
Beijinhos amigos que a estimam e respeitam

pena

São disse...

Minha querida, nós de vez em quando ficamos cegas, tolas e, por vezes, até nos enganamos a nós mesmas...
Principalmente, quando já existem crianças!!
Um abraço,grande!

Bandys disse...

Ô minha querida, minha linda amiga
Tu quer me matar de emoção???
Amei o seu presente sua visita, e olha, somos ligadas sim... pela a mizade. A amizade é o amor que nunca morre. Li seu comentário, e de um grande beijo na sua irmã.♫♫♫♪♪☺♥♥
Olha to cheia de presentinhos pra vc, kkkkk, mas vou mandar por email fica mais facil.
Menina, te desejo um final de tarde de muita luz e paz.

......@.............@ O AMOR e a AMIZADE são como uma
......@.@.@.@..@.. Plantinha que precisa ser
....@........@..........@ regada todo dia.
...@............@....@@ Com muito carinho,
...@..............@@..@ muita atenção e
....@..............@...@ muito amor.
.........@......@..@ e muita compreensão
..............@..@ Que o jardim da nossa
..................@ amizade permaneça
....................@ sempre cheio de
.....................@ flores!!
......................@
......@@@@..@....@..........@
...@.............@@@......@@
.......@@@.......@..@@
.........................@ tudo de bom
.......................@ para você.
Mil beijos no ♥
To levando o selinho.Ameiiiiiiii

Bandys disse...

Mande seu email, o meu é
egpmb@terra.com.br
beijos

O Sibarita disse...

Dona menina! Não sei se o Sibarita é merecedor desse distinto prêmio dos Blogueiros que sabem comentar, mas, humildimente agradeço a bondade do seu coração em dividir o prêmio designado para o seu blog.

OBRIGADO com tamanha honraria!

Sabe, o que levamos da vida é isso, o reconhecimento...

Eita dona moça OURO EM PÓ!

Bjs
O Sibarita

Pérola disse...

Vim agradecer a tua visita ao meu blog, e dizer que adorei o teu e que vou voltar. :)

Percebo do que falas. Sinto nojo de um homem que um dia foi meu marido. A vida continua e há coisas que jamais se esquecem.

Um beijinho.

Jade disse...

Olá

Olho aqui pela 1ª vez
é um olhar de meu agrado,
olho que leio com prazer,
é o olhar da minha vontade que
olho para o nojo sem temer...

O nojo quando acontece numa relação não é mais nada que a repugnância que temos por ela, provoca-nos repulsa, pesar, tristeza, uma funda mágoa ,um grande desgosto...isso ainda nos deixa marcas, uma réstia de ódio...

Quando o caso é a decepção, não é mais que o desengano, a desilusão, o desapontamento.Trata-se de uma relação ilusória, da qual nós simplesmente desligamos e nos amputamos dela, por isso,"o pior inimigo do amor é a decepção"

Beijo
:) Jade

Chama Violeta disse...

Hoje passo apenas para deixar-te um abraço apertado!

Bom feriado,final de semana e fica na paz!

O Pinoka disse...

Não se escolhe de quem se gosta, o resto vem por arrasto, seja admiração seja nojo.
Beijinhos

Dama de Cinzas disse...

Nossa! Eu me vi nesse texto em duas paixões que tive na minha vida... Eu cedi tanto, fiz concessões em troca de migalhas e quando acabou, eu me senti aliviada, talvez até com um certo "nojo" desses caras!

Obrigada por sua visita em meu blog e pelo lindo comentário!
Voltarei mais vezes!

Beijos

Noslen ed azuos disse...

Vim olhar suas palavras e encontrei seu olhar, ora triste, ora brilhante; nunca devemos dar tempinhos, o certo para mim é o adeus e boa sorte.

Bjs
NS

Bandys disse...

Trouxe um presentinho, hehehehe
beijos minha querida

presente

Suave Toque disse...

Acredito que nada pode destruir mais que a decepção por alguém.

"Eu desejo que sua estrada
Se apresente livre de pedras
Que o sol ilumine seu caminho
Sem queimar tua face
Que a chuva caia leve
Sem encharcar por onde você passar
Que a semente brote em teus campos
Com promessas de farturas
Que a esperança seja tua companheira de caminhada
E que você tenha sempre um sonho a seguir
Porque...
Só os que sonham
Conhecem o segredo
Da magia do existir."

Um grande beijo e um feliz final de semana, é o desejo de:

Suave Toque

Carla disse...

amiga obrigada pelo teu presente...gostei muito
deixo-te um beijinho e desejos de bom fim de semana

NANDO DAMÁZIO disse...

Se transforma em nojo quando a gente percebe que ficou insuportável, é um meio de manter a distância daquilo que não faz bem ..
Muito bom seu texto !!
Té + !!

Maria Laura disse...

Decepção total. Acontece tanta vez, infelizmente.
Obrigada pela sua visita.

lua prateada disse...

Querida compreendo-te muito bem mas, enquanto isso sentires só sofrerás ainda mais .Liberta-te desse nojo e sê livre miga, FORÇA pois sem ela não chegamos a lado nenhum.
Não há medicamento mais adequado,precioso e eficaz para curar desgraças do que um amigo.
Nele nós encontramos, conforto quando estamos em dificuldade-
Com ele podemos partilhar a felicidade dos momentos de alegria.
Beijinho prateado com carinho e votos de um feliz fim de semana
SOL

Agulheta disse...

Na continuação destes olhos,venho dizer que sempre haverá uma porta,essa pode ser de belos sonhos.
Beijinho doce amiga Lisa

Éverton Vidal disse...

Que texto. E que frase:

"E o pior inimigo do amor é a decepção."

Nossa... e eu a pensar que já deixei alguém com nojo. E também já senti.

Volto a dizer: Que texto e que frase.

Beijo!
Inté!

Bianca Rieth disse...

Às vezes queremos melhorar o que não dá, nos sentimos culpados, mas queremos mudar, e nos sentimos mais culpados se não tentamos...
Não adianta manter algo em que nós não nos sentimos bem...
Você escreve com uma leveza, parabéns!

Miguel Barroso disse...

Metamorfoseia-se.


A SEIVA

Sorrisos em Alta disse...

Peço desculpa se estou a causar nojo ao passar por aqui, mas também é rapidinho: é só para dar os parabéns pelo texto e desejar um óptimo fds!

Beijos

Isabel-F. disse...

sem dúvida que o pior inimigo do amor é a decepção ...

minicontosperversos disse...

Nojo... Novo?