segunda-feira, 6 de abril de 2009

O que as pessoas veem quando me olham?

Que imagem eu represento pra elas?


O que as pessoas veem quando me olham? Por trás dessa capa pálida de menina que não cresceu, o que elas veem?


Quantas coisas tento esconder e não consigo?? Desejos, frustações, infelicidades... Quantas coisas transparecem na minha cara risonha, com olhos ao infinito?


Tento ser tanta coisa para o mundo, e não consigo ser nada para mim. Meu auto-controle é tão vulnerável ao mínimo sinal de que o mundo pode mudar. Transbordo imaturidade e ignorância ao me achar madura e inteligente pra tudo...


O que as pessoas veem quando me olham? O que a minha franja lisa ainda consegue esconder de todos? Minha heroína não responde mais. Abandonou-me ao sentir minha fraqueza, posta ao seu mínimo suicídio...


E onde está a voz do espelho? Iludi-me que ela poderia me dizer tudo. E que não me magoaria com a verdade. Onde posso achá-la senão na minha própria escuridão diamante? Minto, fujo, corro, escondo-me, mas estarei sempre ali. Sempre em mim...


Que jeito imbecil de ser é esse meu. Por que sempre estou certa quando me avalio? Por que sempre me deparo com aquela maldita frase de auto-ajuda que nunca me ajudou...


Abismo interior. E nada disfarçável. Procuro nos outros respostas para mim, mas não sou nada discreta. Quem me olha atentamente vê que estou constantemente pedindo ajuda. E isso é mais do que meu orgulho consegue evitar.


Será que transpareço fraqueza?? Ooh, não!!! Isso não!!! Não posso assumir que sou incapaz de cuidar da minha vida. E logo eu, responsável por tantas vidas nascidas antes de mim...


Quero sumir de mim. Quero mudar, me colorir... Quero fingir que não sou eu, pra participar do mundo. Quero não ter tantas certezas assim.


E não me enxergue lá dentro. Pra você, apenas basta a superfície. Alguns milímetros de espessura podem ser fatais para vc, ou para mim...

5 comentários:

Lyra disse...

Olá, venho desejar uma Boa Páscoa, replecta de amêndoas e boa disposição.

Beijinhos e até breve.

Lyra
;O)

Daniel Aladiah disse...

Querida Auréola
Tanta insegurança consciente. Mas é nessa vulnerabilidade, dentro de ti, que estão as respostas. Faz dos outros e das situações o teu ambiente de aprendizagem. Se perguntares, terás a resposta...
Uma Santa Páscoa
Um beijo
Daniel

Marta disse...

Olá, passei por aqui e gostei deste texto..
Ás vezes, também me sinto assim...
Nessas alturas, fico em silêncio, isolo-me e depois....continuamos a caminhar...
Boa Noite
Beijos e abraços
Marta

Deusa Odoyá disse...

Olá minha nova amiga.
O que vejo em você...
Uma pessoa linda por dentro e por fora, com uma iluminação e paz.
Só precisa mesmo é descobrir o lado da fé.
As vezes precisamos dessa solidão, aonde vamos procuras as respostas para o nosso interior.
Vc. logo saberá a sua.
Beijinhos de muita paz, amor e luz.
Sinta a paz da noite
descanse seu corpo e sua alma
tenha lindos sonhos
e que Deus, possa lhe abençoar muito...
Que sua noite, seja tudo de bom!.

Regina Coeli.

EuEle disse...

Mudando um pouquinho o que postei em meu blog, digo

Apesar de mim, eu me amo.

Acho que e por ai.
Amar apesar e todos os nossos defeitos e fraquesas.
E vamo que vamo
beijoa crianca